Em seu centenário, Violeta Parra é homenageada do El Mapa de Todos



25 Fevereiro 2017

por Fernando Rosa

Em 2017, o Chile e a humanidade comemoram os 100 anos de nascimento da compositora e cantora Violeta Parra. Violeta del Carmen Parra Sandoval nasceu em San Carlos, em 4 de outubro de 1917 e morreu em 5 de fevereiro de 1967, em Santiago do Chile. Também artista plástica e ceramista, ela é considerada uma das mais importantes folcloristas do mundo e fundadora da música popular chilena.

Antecipando-se aos esperados eventos comemorativos, os chilenos Leo Beltrán –Niño Viejo – e Cecilia Toro – Plastivida, uniram-se para produzir o documentário "Cantar con sentido". Trata-se da biografia de Violeta Parra - sua vida e carreira de 49 anos - contada em um stop-motion em "plastilina" (massa de modelar), com duração de 23 minutos. O resultado é um registro histórico fundamental e uma emocionante homenagem a fantástica artista chilena.

Em matéria no portal espanhol Zona de Obras, os autores do documentário afirmam que "la investigación fue intensa y tratamos de ser lo más fieles al mundo que descubrimos cuando investigamos los pasajes de la apasionante vida de Violeta Parra". Desde a estreia em maio de 2015 no Festival Chilemonos, a obra já foi exibida na Polônia, França, entre outros países. A sétima edição do Festival El Mapa de Todos, que acontecerá em maio, em Porto Alegre, será dedicado à Violeta Parra.








POSTADO EM: /Festival /7ª edição