El Mapa de Todos, 7 vezes integração



26 Março 2017

Da Redação

O El Mapa de Todos chega a sua sétima edição, novamente em Porto Alegre, em 2017, com patrocínio da Petrobras. O festival, pelo qual já passaram 96 artistas, de 11 países da América do Sul, Central, México, Espanha e Portugal, acontece nos dias 2, 3 e 4 de maio. Neste ano, o Theatro São Pedro, a “catedral” da cultura gaúcha, acolhe as três noites do evento. Nesta edição, El Mapa de Todos conta com o apoio especial de Spotify, o “player oficial do festival”, e do programa Ibermúsicas.

Em sua sétima edição, a programação conta com sete atrações, que representam as mais variadas vertentes musicais do nosso continente. O uruguaio Daniel Drexler, com sua canção pampeana. Os mexicanos-brasileiros Francisco, el Hombre, com o som das ruas do continente. Os brasileiros Boogarins e sua psicodelia internacional. Os colombianos Romperayo com um mix de música tropical envenenada por psicodelia, samplers, sintetizadores e percussão. E, fechando o lineup, Yangos, Carmen Correa e Zudizilla levam para o festival a diversidade da música gaúcha.

O El Mapa de Todos cumpre, mais uma vez, o objetivo de promover a integração por meio da música. Nas edições anteriores, o festival colocou o Brasil em contato com a América Latina e com toda a região ibero-americana, até então de difícil acesso para muitos artistas locais e para o público em geral. Ao longo dos anos, o El Mapa de Todos se tornou uma referência regional e internacional, reconhecido por publicações como Billboard e Rolling Stone, da Argentina. “El Mapa de Todos, mucho más allá de ser un festival de musica, es un verdadero lugar de encuentro”, registrou o portal espanhol Zona de Obras, em 2015.

100 ANOS DE VIOLETA PARRA

A sétima edição do El Mapa de Todos será dedicado à cantora e compositora Violeta Parra, autora de clássicos do folclore latino, como “Gracias a La Vida”, “Volver a Los 17”e “La Carta”, entre outros mais. Em 2017, o Chile vai comemorar os 100 anos do nascimento da artista, que morreu em 1967, com mais de uma centena de composições gravadas, sempre comprometidas com a luta dos oprimidos e dos explorados no continente. Também artista plástica e ceramista, Violeta é considerada a fundadora da música popular chilena e teve diversas canções gravadas no Brasil, por artistas como Milton Nascimento, Elis Regina e MPB4.

EL MAPA DE TODOS 2017

Onde:
Theatro São Pedro (Praça Marechal Deodoro, s/nº)

APRESENTAÇÕES

2/5 - terça

21h00 - Yangos
22h00 - Francisco, el hombre

3/5 - quarta

21h00 - Carmen Correa
22h00 - Daniel Drexler

4/5 - quinta

20h00 - Zudizilla
21h00 - Romperayo
22h00 - Boogarins



Ingressos:

Platéia – 60,00 (inteira); 30,00 (meia-entrada; estudantes e público em geral, mediante 1 kg de alimento não perecível, 1 livro ou 1 brinquedo)
Camarotes – 40,00 (inteira); 20,00 (meia-entrada, mediante as mesmas condições)
Galeria – 20,00 (inteira); 10,00 (meia-entrada, idem)

Pontos de venda:

Bilheteria do Theatro São Pedro - http://www.teatrosaopedro.com.br/ - Praça Marechal Deodoro, s/n°, Centro Histórico / Porto Alegre/RS, Fones: (51) 3227.5100, (51) 3227.5300

* Em breve, link para venda eletrônica

Classificação:
14 anos

Patrocínio: Petrobras e Governo Federal
Apoio: Sindicato dos Comerciários de Porto Alegre, Força Sindical, Ibermúsicas, Spotify

Festival Filiado a FBA - Festivais Brasileiros Associados

Player oficial: Spotify
https://open.spotify.com/user/elmapadetodos

Informações:
www.teatrosaopedro.com.br
www.facebook.com/elmapadetodos

Evento oficial: www.facebook.com/events/14530379265670

* Foto de capa: Paulo Capiotti.






POSTADO EM: /Festival /7ª edição