El Mapa de Todos compartilhou sucesso do ContraPedal



16 Abril 2013

da Redação

O festival El Mapa de Todos participou do festival ContraPedal, no Uruguai, na condição de convidado especial. À convite do organizador do ContraPedal, Gabriel Turielli, o curador do El Mapa de Todos, Fernando Rosa, viajou até Montevidéu. “A participação no festival foi importante para conhecer novos artistas da região e fazer contatos com diversos produtores”, destacou Rosa, também conhecido como Senhor F.

Segundo o curador do festival El Mapa de Todos, a nova edição do festival ContraPedal contribuiu para avançar no caminho da integração regional. “Foram dois dias de ótimos shows, com destaques especiais como a apresentação da banda espanhola Vetusta Morla”, lembrou ele. Outros artistas e grupos como Mersey, Dani Umpi, Franny Glass e Max Capote do Uruguai, Enjambre do México, Gepe do Chile e Velandia y La Tigra da Colômbia, deram grandes shows.

A banda argentina El Mató a Un Policía Motorizado, que se apresentara na noite anterior em São Paulo, e vem crescendo no cenário iberoamericano, fez um dos melhores shows do festival. Neste mês, a banda é destaque na edição de 15 anos da revista Rolling Stone argentina, ao lado dos grandes artistas locais, como Fito Paez e Charly Garcia.

De acordo com ele, também foi importante conhecer novos artistas como Kchiporros, do Paraguai, Finlândia, do Brasil-Argentina, Cienfue, do Panamá, e ainda os uruguaios Los Verde, entre outros. "A participação nos festivais de outros países é importante para realizar uma curadoria sintonizada com o que está acontecendo na cena musical da região, principalmente para conhecer os novos artistas", afirmou Rosa.

A participação do grupo brasileiro Apanhador Só no festival também marcou um momento importante do processo de integração em curso, de acordo com Rosa. Segundo ele, a moderna brasilidade do grupo, que levou para o palco as referências nacionais com um senso estético-musical universal, agradou aos presentes no festival. Além da juventude, também os produtores e jornalistas de diversos países não pouparam  elogios à qualidade da banda e à sua apresentação.

O Festival ContraPedal aconteceu em Montevidéu, entre 12 e 14 de abril, com três dias de debates, shows espalhados pelos bares da cidade e, no sábado e domingo, apresentações concentradas no palco do Museo de las Migraciones (MUMI). Organizado pelo produtor Gabriel Turielli, o evento mostrou a riqueza musical da região, além de promover importantes encontros de artistas, produtores e jornalistas especializados.

(na foto: Vetusta Morla/Ignacio Toledo)






POSTADO EM: /Festival /4ª edição