Les Maxel's, de Guadalupe, na origem do cadence-lypso



07 Fevereiro 2021

por Fernando Rosa

Les Maxel's, de Guadalupe, é uma das principais referências para o surgimento e desenvolvimento da cadence-lypso no Caribe. O grupo surgiu em meio ao movimento musical que produziu um grande número de orquestras na ilha e na região, entre 1964 e 1967. Na origem, Les Maxel's eram os irmãos Datil, Labor, Jack Brackmort, Fred GatiBelza e Jean Benoit, estudantes do ensino médio na Maison des Jeunes et de la Culture.

Na base musical do grupo estavam gêneros como o beguine, a soul music, o jazz e o guaranco, além da música francesa mais tradicional. As influências, segundo diversos textos sobre o grupo, eram artistas Wes Montgomery, Kenny Burrell, Barney Kassel e Cannonball Adderley, entre outros. Em 1968, o grupo grava seu primeiro disco, abrindo uma série que chegou a mais de uma dezena de álbuns ao longo da carreira.



A partir de então, depois de ampliar seu público em Guadalupe e nas ilhas vizinhas, o grupo chega à França onde realiza vários shows em Paris e outras cidades. Após a morte de alguns de seus integrantes, e de um período de separação, Les Maxel's retomou as atividades sob o comando de seu antigo líder e guitarrista Max Labor", segundo Philippe Pilotin, historiador da música caribenha. Les Maxel's pode ser ouvido na coletânea "Antilles Cherrie - Compa/Cadence" e nas plataformas digitais.










POSTADO EM: /GRANDE CARIBE