El Mapa de Todos começa hoje no palco do Opinião



26 Novembro 2013

da Redação

Definido com o “atlas del sonido sudamericano”, pela revista Rolling Stone da Argentina, o festival El Mapa de Todos traz neste ano 15 apresentações, tendo as locais Ultramen e Comunidade Nin-Jitsu, que fecha a noite de shows desta terça-feira, e a uruguaia La Vela Puerca, como healiners. Os venezuelanos Los Mentas, por sua vez, retorna ao festival à pedido do público gaúcho, depois do show histórico realizado na edição de 2011.

O festival também traz pela primeira representantes da Colômbia e da República Dominicana, o quinteto Esteban Copete y Su Kinteto Pacífico e o duo feminino Las Acevedo. O grupo colombiano chega ao Brasil com apoio do movimento Cali Suena em Vivo, formado por casas de shows, produtores e artistas, que promove a cena musical local e a difusão da música do país no mundo.

Outros artistas latinos presentes no palco do El Mapa de Todos são o também uruguaio Max Capote, a argentina Valle de Muñecas e, ainda, o duo Finlândia formado por um argentino e um brasileiro. De outros estados, se apresentam Esperando Rei Zula, de Brasília, e ruído/mm, de Curitiba, além dos locais Ian Ramil, Frida, O Curinga e os clássicos Acústicos & Valvulados.

Vejam a seguir, quem são os artistas que se apresentam na primeira noite do evento, no dia 26 de novembro.


IAN RAMIL

Ian Ramil é um dos nomes mais promissores da nova geração da música gaúcha. Integra o grupo Escuta – O Som do Compositor, coletivo que hoje conta com mais de 30 “cantautores”. Desde 2010, realizou shows em festivais e outros eventos, entre eles na Noite Senhor F, no palco do Opinião. O primeiro disco, previsto para abril de 2014, foi gravado em Buenos Aires. E recentemente, ele abriu o show do uruguaio Jorge Drexler, em Porto Alegre. Ian Ramil no El Mapa de Todos, é a reafirmação do compromisso do festival com os cantores e compositores da América Latina.



LAS ACEVEDO

Natural da República Dominicana, Las Acevedo é um duo formado pelas irmãs gêmeas Cristabel e Anabel. A dupla surgiu em 2010 com o lançamento do EP The Weather Smells Like Oranges, contendo canções como “Reloj de Arena” e “Chaka Chaka!”. Em 2011, participaram do Festival “Viva La Canción”, em Madrid, na Espanha. Em 2012, foram convidadas do Latin Alternative Music Conference, em Nova York. No início de 2014, estarão no Festival Centro, em Bogotá, um dos mais importantes da Colômbia. Hoje, em novembro de 2013, Elas trazem para o palco do festival El Mapade Todos, pela primeira vez, a música da América Central.



ACÚSTICOS & VALVULADOS

“Acústicos & Valvulados é uma banda brasileira de rock and roll formada em 1991 na cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul”. A síntese do Wikipedia podia ser suficiente para definir a banda, mas eles construíram uma história maior do que apenas isso. Desde “God Bless Your Ass”, de 1996, lançaram uma série de hits que marcaram a vida da juventude gaúcha. Atualmente, integram a banda Rafael Malenotti (vocal), Alexandre Móica e Daniel Mossmann (guitarras), Diego Lopes (baixo), Paulo James (bateria) e Luciano Leães (teclado). Acústicos & Valvulados é parte da história da música gaúcha no palco do El Mapa de Todos.



MAX CAPOTE

Fabian Acosta, mais conhecido como Max Capote, é um dos destaques da música independente de Montevidéu. Seu último disco, “Chicle”, é uma coletânea de hits, a exemplo das canções “Culpable” e “Tema 11”. Recentemente, o lendário selo espanhol Munster Records lançou um single com sua versão para a música “Ana”, original dos peruanos Los Saicos. Em 2013, Max Capote participou dos festivais mais importantes do mundo: Vive Latino, na Cidade do México, e o festival South by Southwest, em Austin, Texas, nos Estados Unidos. Agora, no El Mapa de Todos, ele traduz a profunda sintonia humana e musical entre os brasileiros gaúchos e o povo uruguaio.



COMUNIDADE NIN-JITSU

Com sua mistura de rock, reggae, funk e rap, Comunidade Nin-Jitsu é uma das bandas mais importantes, respeitadas e divertidas do Rio Grande do Sul. O primeiro disco, “Broncas Legais”, lançado em 1998, contendo o clássico “Detetive”, abriu as portas nacionais para a banda. Por volta de 2000, lançam o segundo disco “Maicou Douglas Syndrome”, com hits como "Ah, Eu Tô Sem Erva" e "Não Aguento Mais". Com cinco discos de estúdio gravados, e mais um disco ao vivo, em 2012 lançam o primeiro DVD ao vivo, gravado no Opinião. Comunidade Nin-Jitsu é a ironia e a diversão gaúcha e latina no palco do El Mapa de Todos.



 






POSTADO EM: /Festival /4ª edição