Raro The Galaxies ganha reedição integral em vinil



12 Julho 2015

da Redação

O único álbum do grupo The Galaxies ganhou reedição em vinil. O lançamento é uma parceria entre os selos Record Collector Brasil e 180 Selo Fonográfico, de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. O disco é um dos mais raros do rock brasileiro, sendo procurado por colecionadores de psicodelia sessentista em todo o mundo. A nova edição além de resgatar o álbum na íntegra, com todas as 12 músicas, conta ainda com duas faixas bônus completamente inéditas, extraídas de um acetato fornecido pelo baterista Zeca de Aquino.

"Apesar de ter ganho uma versão parcial (com apenas 8 faixas) e pirata em vinil de 10 polegadas no início dos anos 2000, a nova reedição é destinada para colecionadores preciosistas", informa Rodrigo Andrade, do selo 180. Na mesma época, parceiros da então revista Senhor F produziram uma versão em CDr do disco original, que circulou entre os fans da psicodelia e da garagem brasileira. A edição internacional em 8 polegadas do selo Misty Lane continha texto sobre a banda assinados por "Senhor F", em português e inglês.

O áudio para o relançamento foi tratado por Arthur Joly e o disco ganhou prensagem de altíssima fidelidade, com corte em DMM (Direct Metal Mastering) no Leste Europeu, informam os responsáveis pela reedição. Também segundo eles, as arte de capa e da contracapa foram mantidas exatamente iguais a edição original de 1968, "para atender aos colecionadores mais exigentes". Completando essa edição limitada (são apenas 500 exemplares), o LP contará com um encarte bilíngue (português/inglês) trazendo a história da banda, o processo de produção da nova versão, além de fotos raras.

A banda The Galaxies foi retirada da obscuridade pela revista, hoje portal Senhor F, em matérias publicadas ainda nos anos noventa e depois nos anos dois mil. "Grupo formado em São Paulo, por volta de 1967, em torno do Consulado Americano, com atuação no circuito de shows da capital paulista. Integravam o The Galaxies o inglês David Charles Odams (guitarra e vocal), a americana Jocelyn Ann Odams (maracas e vocal), e os brasileiros Alcindo Maciel (guitarra e vocal) e José Carlos de Aquino (guitarra e bateria)", informava a revista.

Ainda segundo a publicação na época, "o único disco gravado pelo grupo é uma das maiores raridades da história do rock de garagem do Brasil, procurado por colecionadores interessados em psicodelia. Lançado pelo selo Som Maior, o álbum contém covers de I’m Not Talking, Farmer John, Orange Skies, do Love, e algumas composições próprias, como Linda Lee, de David e Carlos Eduardo Aun, o Tuca, ex-Lunáticos, e depois Baobás, que toca no disco.

Onde comprar:

http://loja.selo180.com/selo-180/the-galaxies-the-galaxies-lp/ 






POSTADO EM: /Matéria